Caspa no cabelo masculino: causas e tratamentos

Quem sofre ou já sofreu com a caspa sabe que, quando ela aparece, é difícil disfarçar, não é verdade? Afinal, aqueles pontinhos brancos nos ombros marcando a roupa já denuncia sua presença para todos.

A caspa é um verdadeiro problema estético que gera incômodo para muitas pessoas. Mais do que isso, ela também indica distúrbios corporais que, se negligenciados, podem evoluir para queda de cabelo ou até doenças mais sérias. Por isso, essa condição não deve ser ignorada.

No post de hoje, reunimos as principais informações sobre caspa no cabelo masculino para ajudar você a ficar bem informado sobre o assunto. Continue a leitura e saiba mais!

O que é a caspa?

A chamada dermatite seborreica acontece por uma alteração na produção do sebo nas glândulas sebáceas e pode se dar por vários motivos, como veremos a seguir. Ela costuma ocorrer principalmente no couro cabeludo, embora possa acontecer também em outras partes com pelos.

A caspa se apresenta em duas formas principais: a seca e a oleosa. A seca se assemelha a um pó, é fina e difusa. Já a oleosa se descama em blocos, com escamas amareladas e gordurosas.

Esse problema é mais comum nos homens do que nas mulheres, já que o organismo masculino produz, naturalmente, mais sebo. Além disso, o hábito de andar com chapéus e bonés é mais difundido entre eles.

Quais são as principais causas do problema?

Oleosidade excessiva

A caspa é uma resposta direta ao aumento da oleosidade no couro cabeludo. Essa disfunção pode ser causada por muitas formas. Uma delas vem de família, pois o excesso de oleosidade é algo que pode passar de pai para filho. Outras formas que estimulam o excesso de oleosidade natural são as seguintes:

  • dieta rica em alimentos gordurosos;

  • alto frequência de banhos quentes;

  • estresse elevado.

Fora as questões naturais, o aumento dessa oleosidade também pode acontecer devido a intervenções externas. O uso frequente de cremes, géis e condicionadores, assim como a higienização precária deles, pode gerar o aumento da oleosidade.

Além disso, o uso errado de xampus adstringentes contribui bastante para o quadro de oleosidade excessiva, na medida em que, ao serem usados com frequência, podem levar ao ressecamento do couro cabeludo, que por sua vez tentará ser compensado com uma maior produção de sebo pelo próprio corpo.

Proliferação de fungos

A proliferação de fungos no couro cabeludo também é uma conhecida causa das caspas. Esses microrganismos podem desencadear uma resposta inflamatória na cabeça que será percebida por meio das caspas.

Algumas maneiras de prevenir que isso aconteça é não dormir com os cabelos molhados e evitar o uso contínuo de bonés ou chapéus.

Como tratar a caspa no cabelo masculino?

As caspas não possuem uma cura definitiva, porém podem ser controladas. O método mais básico de tratamento é a partir de xampus anticaspas. Normalmente eles possuem uma base de zinco, cetoconazol, selênio, alcatrão ou ácido salicílico — todos elementos que ajudam a conter a produção da caspa.

Se a descamação for muito intensa e/ou persistente, o melhor a fazer é procurar um profissional especializado. Ele poderá analisar o problema e indicar o melhor tratamento, inclusive via medicamentos, se necessário.

Se você é uma pessoa que se enquadra nessa situação, é importante entender que o tratamento é contínuo. Se forem interrompidos os cuidados preventivos, a caspa voltará. Sendo assim, empenhe-se para manter as boas práticas indicadas pelo especialista.

Agora que você entendeu como cuidar da caspa no cabelo masculino, que tal continuar acompanhando outras dicas sobre o assunto? Siga nossa página no Facebook e fique por dentro de outros conteúdos exclusivos sobre saúde masculina prevenção de calvície e muito mais!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"