Como identificar uma queda de cabelo anormal?

Você sabe reconhecer se a queda de cabelo que está tendo é normal ou não? Esse incômodo costuma deixar as pessoas preocupadas, porém, muitas vezes, ele é natural. Um fenômeno comum do corpo.

O problema é quando o cabelo cai por alguma razão mais grave. Nestes casos, pode ser um indício de que algo está errado no organismo. É preciso ter atenção e identificar o porquê de os fios estarem caindo.

Continue nos acompanhando e saiba como descobrir! 

Quando é normal o cabelo cair?

Como tudo na vida, o cabelo é feito de ciclos, e passa por três fases: anágena, catágena e telógena. A primeira engloba o crescimento dos fios e dura de dois a seis anos. Na segunda, eles se tornam maduros. Esta etapa tem uma duração pequena, de uma semana ou duas.

A fase telógena é de “limpeza”: os cabelos mortos são eliminados. Por isso, percebemos uma queda grande de fios durante cinco ou seis semanas. Após isso, novos fios começam a crescer, e o ciclo recomeça. 

Caso grande parte da queda aconteça no banho, não se preocupe: é absolutamente normal que, durante essa atividade, os fios velhos deixem o couro cabeludo.

Você só precisa se preocupar com o fato se a queda for de mais de 15% dos fios. Fora isso, é o cabelo se renovando naturalmente. Existem também outros fatores que tornam o processo preocupante. Veja abaixo.

Como saber se preciso me preocupar com a queda de cabelo?

Para descobrir se a sua queda é normal ou não, você pode fazer um teste caseiro simples: segure uma mecha de cabelo nas mãos e puxe com força. Após fazer isso, veja quantos fios ficaram na sua mão.

Se o resultado for mais de 15 fios, o melhor a fazer é consultar rapidamente um dermatologista para investigar a situação. 

Quais os sintomas de queda de cabelo anormal?

Observe o seu couro cabeludo com atenção. Se existirem áreas falhas ou pequenas regiões completamente sem fios, é sinal de que sua queda não é natural. 

Os ombros e o travesseiro também merecem nossa atenção: caso você identifique muitos fios de cabelo repousados nesses lugares, significa que há algo de anormal, e é também preciso consultar um especialista para diagnosticar.

Quais os tratamentos para queda de cabelo?

Uma vez diagnosticado o problema, o médico vai tratar de qualquer aspecto incomum do organismo que esteja fazendo os fios caírem: como déficits de vitaminas, por exemplo, ou enfermidades no couro cabeludo.

O profissional também pode receitar cosméticos, shampoos especiais ou mesmo medicação via oral para combater a queda. Isso depende de cada caso.

Como prevenir a queda de cabelo?

Para evitar esse incômodo indesejado, algumas medidas podem ajudar: 

  • faça a higienização do cabelo corretamente;
  • use escova com bolinhas nas pontas das cerdas para massagear o couro cabeludo e estimulá-lo;
  • evite o estresse;
  • mantenha uma alimentação saudável;
  • faça exercícios físicos regularmente;
  • fique longe do álcool e do cigarro;
  • não prenda mechas do cabelo quando ele estiver molhado.

Agora que você já sabe identificar uma queda de cabelo anormal, fique atento! E, se este for o seu caso, não se preocupe: esse problema tem cura. Basta procurar um dermatologista e seguir as suas orientações.

E aí, gostou de nosso conteúdo e quer continuar se atualizando? Então siga siga a gente nas redes sociais! 

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"