Quais são as causas da calvície masculina? Confira aqui!

Perder os cabelos é uma triste realidade para muitos homens: aproximadamente 50% daqueles com mais de 50 anos são atingidos em algum grau pela calvície. No entanto, embora a perda de cabelo muitas vezes possa ser hereditária, existe uma diversidade de outras causas da calvície masculina.

Para um tratamento adequado, é essencial descobrir o que está causando a perda de cabelos. Claro que é o médico quem diagnosticará o motivo, mas, se o paciente já tiver alguns indícios do problema, poderá ajudá-lo na investigação.

Por isso, neste post falaremos sobre quais são os fatores que podem levar os homens a ficarem calvos. Confira!

Pode estar em seus genes

A causa mais comum da calvície masculina é aquela que leva à familiar careca em forma de U, também chamada de alopécia androgênica. Esse formato característico de careca se deve à maior presença de receptores de testosterona na região frontal e alto da cabeça.

Essa condição é de origem genética e pode ser herdada tanto do pai quanto da mãe.

Quando um indivíduo tem o gene para a calvície, seus folículos pilosos começam a ser afetados pela testosterona logo na adolescência, fase em que começa a produção desse hormônio e a perda dos fios nesses indivíduos. Nesses homens, o momento mais preocupante para se iniciar a perda dos fios é em torno dos 17 anos.

Caso a alopécia androgênica se manifeste nessa faixa etária, é possível que a pessoa tenha perda total dos cabelos até os 23 anos de idade.

Você pode estar envelhecendo

Com o passar do tempo, tanto homens quanto mulheres tendem a experimentar a diminuição em sua quantidade de cabelo. Dos 50 anos em diante, em ambos os sexos, se inicia um processo de afinamento e diminuição do volume dos fios.

Isso se deve à diminuição da espessura do couro cabeludo, o que prejudica nossas glândulas sebáceas e sudoríparas. Além disso, também afeta a circulação sanguínea nessa região, dificultando a chegada de nutriente aos bulbos capilares.

Sua saúde pode estar ligada às causas da calvície masculina

Embora a calvície masculina seja uma condição comum e inofensiva, ela pode ocasionalmente estar associada à síndrome metabólica. Esta é uma combinação de obesidade, diabetes, aumento da pressão sanguínea e colesterol elevado.

Pessoas com esta síndrome apresentam maior risco de doença cardíaca. Essa ligação é mais frequentemente vista em homens que desenvolvem calvície relativamente muito jovens.

Além da condição médica citada, existem outras complicações de saúde que também podem levar à calvície. Veja a seguir:

Alopecia areata

Ocorre quando o sistema imunológico ataca os folículos pilosos, causando uma queda repentina do cabelo e deixando áreas arredondadas sem cabelo.

Infecções no couro cabeludo

Infecções, como micose, podem acometer a pele no couro cabeludo, levando a manchas escamosas e perda de cabelo. Uma vez que as infecções são tratadas, o cabelo geralmente cresce de volta.

Outros distúrbios da pele

As doenças que causam alopecia cicatricial podem resultar em perda permanente nas áreas com cicatrizes. Essas condições incluem líquen plano, alguns tipos de lúpus e sarcoidose.

Medicamentos

A calvície pode ser causada em homens por medicamentos para tratamento de câncer, artrite, depressão, problemas cardíacos, pressão alta e outros.

Problemas psicológicos

Embora a calvície de origem genética esteja fortemente ligada ao DNA, problemas emocionais também podem acelerar ou ocasionar a perda dos cabelos. Essa condição é chamada de alopécia traumática. Pode ocorrer devido ao estresse ou também em decorrência de alguma súbita alteração psíquica.

Você pode estar apresentando sintomas da calvície

A perda de cabelo pode aparecer de muitas maneiras diferentes, dependendo do que a está causando. Pode surgir de forma repentina ou gradual e afetar apenas seu couro cabeludo, ou todo o seu corpo. Os sinais e sintomas podem incluir:

  • raleamento progressivo no topo da cabeça;

  • áreas calvas circulares ou irregulares;

  • perda repentina dos cabelos;

  • áreas calvas que se espalham pelo couro cabeludo.

Muitas pessoas recorrem a tratamentos por por conta própria. Porém, a escolha de um tratamento deverá ser feita pelo médico especialista em tricologia, pois ele avaliará as possíveis causas da calvície masculina em cada caso específico.

Quer saber mais sobre a saúde dos cabelos? Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"